Trompas Obstruídas

Uma obstrução impede a liberação do óvulo para fecundação, mas não esteriliza a mulher.

Artigo publicado por Juliane Freitas nas categorias: Problemas

O Milagre da Gravidez

A infertilidade feminina pode ter diversas fontes, sendo elas químicas ou mecânicas, a obstrução nas trompas é considerada um motivo mecânico para a infertilidade. Muitas mulheres sofrem com esse problema, que impossibilita que ocorra uma gravidez espontânea, no entanto, a obstrução não afeta de modo a tornar uma mulher estéril, com os tratamentos corretos é possível acontecer uma gravidez.

sistema reprodutor

O que Acarreta à Mulher?

A obstrução das trompas impede que o óvulo chegue ao útero, após ser liberado do ovário. Como não chega ao útero, os espermatozoides não tem acesso a ele, o que impede sua fecundação. Mesmo que ela acontecesse, a gravidez ocorreria nas trompas, o que pode levar a problemas de formação no feto e ao desenvolvimento de pré-eclâmpsia.

Os causas mais comuns investigadas cientificamente para que aconteça obstrução das trompas são a endometriose, que causa espessamento do tecido do endométrio, a infecção pélvica e a laqueadura, sendo essa última uma versão espontânea da obstrução das trompas, opção de mulheres que não desejam mais engravidar e nem tomar medicamentos contraceptivos. Esse processo tem uma taxa de arrependimentos de 30%, bastante alta se comparada com a vasectomia, e é importante que as mulheres saibam que o procedimento tem reversão, desde que tenha sido feito corretamente.

Para comprovar a obstrução faz-se um exame chamado histerosalpinografia, que muitas vezes é confundido com um tratamento, mas se trata apenas de um exame de raio-x, realizado com a inserção de um líquido de contraste no colo uterino.

Quais são os tratamentos?

Se a laqueadura é um processo reversível, não é de se estranhar que mulheres com trompas obstruídas naturalmente também tenham esperança de conseguirem engravidar, e de fato, é possível. Em geral, é preciso realizar cirurgia para desobstrução, atualmente há técnicas pouco invasivas, de micro-cirurgias que devem ser realizadas por responsável capacitado, mas cada caso é um caso e pode ocorrer necessidade de uma cirurgia aberta. Alguns procedimentos:

trompas obstruídas

Re-anamostose tubária:

procedimento realizado com laparastomia, que é uma cirurgia por incisão, que reverte processos de obstrução como a laqueadura e pode reparar casos em que parte das tubas foi danificado pela doença.

Salpingectomia:

consiste na retirada de parte da trompa de falópio, é a escolha quando a trompa acumula líquido e pode atrapalhar um processo artificial de fertilização, tal como a fertilização in vitro.

Fimbrioplastica:

permite a reconstrução das extremidades das trompas, o que é importante num caso em que a trompa é completamente obstruída muito próximo ao ovário.
Fluoroscopia ou Histeroscopia: nesse caso, são tratamentos realizados quando a obstrução é muito próxima ao útero. É realizado com a inserção de um cateter do óvulo até a trompa.

Quando não é possível realizar um procedimento cirúrgico que garanta a mulher que terá novamente a liberação de seus óvulos, a paciente pode optar por processos não naturais, tais como a já citada fertilização in vitro, com a retirada do óvulo direto do ovário, ou ainda a adoção de um embrião, que será depositado diretamente no útero.

4 comentários

  1. rejane maria de sousa (26/09/2014)

    estou tentando engravidar pois tenho as trompas obstruída bilateral;

  2. maria izabel (06/03/2015)

    oi sou maria izabel tenho 32 anos sou ligada jar faz 5 anos gostaria de saber se tem como engravida novamente

  3. nadia fernanda (25/11/2015)

    depois de fazer histerossalpingografia descobri que sofri uma laqueadura prévia durante meu ultimo parto teria como reverter?

  4. zuleide noemia silva sobral (16/04/2016)

    Oi sou Zuleide tenho 36 e em dia 5 anos tenho tentado engravidar mais não consigo; 4 meses fiz o exame histerossalpingografia e descobri que tenho as tropas obstruida,tem algum exame que pode reverte este caso e consigo engravidar normalmente ou só com ensinação artificial?

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.