Sintomas de Gravidez

Hormônios são os principais responsáveis pelos sintomas da gestação.

Artigo publicado por Juliane Freitas nas categorias: Dicas, Dúvidas

O Milagre da Gravidez

Podemos considerar que uma gravidez teve inicio quando ocorre a fecundação do óvulo, ou seja, no momento em que o espermatozoide encontra o óvulo e tem inicio a divisão e multiplicação celular. Nesse momento ainda não podemos admitir que se tenha um feto, mas a gravidez  já está no inicio. Apesar disso, na grande parte das vezes os sintomas só começam pelo menos três dias após a fecundação, quando óvulo se fixa na parede uterina.

Sintomas de Gravidez

Sintomas Mais Comuns

  • Cólica e pequeno sangramento: um dos primeiros sintomas de fixação do óvulo na útero pode ser confundido com uma menstruação, muitas vezes até ocasionando preocupação com alteração do ciclo. Ele ocorre por uma adaptação natural do organismo e não costuma ser um grande sangramento, assim como a cólica não deve durar muito.
  • Enjoos alimentares: certamente um dos mais clássicos indicadores de uma possível gravidez é causado por um dos hormônios gestacionais, a Gonadotropina Corionica Humana (hCG), esse hormônio ajuda o corpo a conseguir manter a gestação, porém atrasa as funções digestivas. É o hormônio que reage com a química presente nos testes de farmácia, encontrado em alta dosagem na urina da gestante.
  • Os enjoos gestacionais costumam ser mais frequentes pela manhã, mas podem ocorrer durante todo o dia. Outro sintoma relacionado ao sistema digestório é a prisão de ventre, que pode perdurar por toda a gravidez, ela ocorre por causa da ação relaxante que a progesterona tem sobre a musculatura lisa, diminuindo os movimentos peristálticos do intestino.
  • Alterações de humor: assim como acontece na TPM, as alterações hormonais pelas quais o corpo da grávida passa, sobretudo no início da gestação, ocasionam alterações hormonais. Obviamente, não basta acontecer só isso para considerar uma gravidez, mas pode ocorrer junto de outros sintomas.
  • Aumento da necessidade de urinar: existe mais de um motivo ligado a gravidez para que as gestantes tenham uma urinação mais frequente do que o normal, uma delas é bastante óbvia, pois com o aumento do útero a bexiga é pressionada para baixo e sua capacidade de armazenamento é diminuída. No entanto, nos interessa nesse artigo o outro motivo, assim como outros sintomas mencionados o aumento da frequência urinária tem haver com as alterações hormonais, assim, no primeiro mês é comum perceber uma grande alteração nessa rotina.
  • Aumento da temperatura corporal: o aumento de temperatura corporal tem relação com o aumento da progesterona no inicio da gravidez, essa hormônio que está presente em todos os ciclos menstruais irá sofrer aumento drástico em caso de fecundação, pois ele é responsável por fazer o organismo “segurar” o óvulo e mais tarde o feto. Quando ocorre queda de progesterona acontece a menstruação, através dessa ideia de principio ativo que funcionam os anticoncepcionais e a pílula do dia seguinte. O aumento da progesterona também causa sensação de fadiga e sonolência.
  • Inchaço das mamas: logo no primeiro mês de gravidez é comum que as mulheres sintam inchaço e incomodo nas mamas, por causa da estimulação hormonal para a produção de leite. Também pode ser confundido com sintoma de TPM por razões hormonais.

Teste de Gravidez

Teste de Gravidez

Como é possível perceber, há um quadro bastante variado de sintomas que indicam a gravidez, a maioria deles relacionados com os hormônios que o corpo produz para essa nova fase, mas, antes de qualquer decisão é preciso consultar um médico para confirmar a gestação. Um exame de sangue é a forma mais confiável para detectar uma gestação.

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.