É Mais Difícil Engravidar aos 40, se Ainda Não Teve Filhos?

Afinal, os temíveis 40 atrapalham uma possível gravidez?

Artigo publicado por Juliane Freitas nas categorias: Dicas

O Milagre da Gravidez

Engravidar com idade mais avançada é cada vez um quadro mais comum, embora os médicos apontem que a idade ideal para se ter um filho é entre 25 e 30 anos, se tratando de pontualidade biológica e amadurecimento emocional, psicológico e em estimativa, financeiro, as mudanças socioeconômicas que acompanharam a migração das pessoas para cidade também mudou o quadro familiar e as decisões sobre quando ter filhos. Assim, cada vez mais mulheres se preocupam com como será ter filhos depois dos 30, 35 e até mesmo 40 anos quando não tiveram nenhum filho na idade considerada mais adequada para isso.

casal brigando

O Dilema da Idade

Ter filhos após os 40 anos é controverso dentro da cultura que ainda alimentamos, baseada em padrões antigos, quando era normal que até os 25 anos as pessoas já estivessem casadas ou a procura de um parceiro. Atualmente, acredita-se até que exista uma segunda adolescência, baseando-se no fato de cada vez mais as pessoas trocarem a formação de família após os vinte anos por mais tempo para curtir a vida, necessidade derivada do tempo que os jovens gastam trabalhando e estudando hoje.

Olhando sobre a ótica atual, ter filhos com mais idade é simplesmente natural, uma escolha a ser feita pela pessoa de acordo com as suas necessidades. Apesar disso, alimenta-se a ideia de que não ter um filho até os 40 anos é desperdiçar a sua fertilidade e que é praticamente impossível recupera-la após os 40, se você for mulher – afinal, homens demoram muito mais para diminuir a produção de gametas.

A ideia de que não engravidar até os 40 anos tornará a mulher menos fértil do que o normal nessa idade é apenas um mito, independente da quantidade de filhos anteriores. A fertilidade cai mais acentuadamente a partir dos 40 anos e a mulher que já teve outros filhos pode estar mais preparada para lidar com problemas durante a gestação, pois sabe o que já passou e se tem algum problema de fertilidade, no entanto, nada impede que ocorra um caso de infertilidade secundária.

Como Funciona a Queda de Fertilidade?

gravidez aos 40

A partir dos 35 anos, estipula-se, as mulheres tem sua fertilidade reduzida em pelo menos 25% do que era aos 25 anos. Porque isso acontece? Quando um embrião, ainda em formação, é definido como do sexo feminino toda a formação do feto e da criança o organismo já trabalhará em caracteres ligados à fertilidade e reprodução. Entre esses, se destacam os folículos que serão formados no ovário e lá ficarão até a puberdade.

A cada ciclo menstrual, os folículos que tiveram origem ainda no embrião se transformarão em óvulos, com a ação de hormônios como o FSH e LH, a ovulação por sua vez ocorre com a ação da progesterona e do estrógeno. Assim, o número de óvulos que uma mulher terá ao longo da vida já está determinado no seu nascimento e com o passar dos anos esse número diminui, além de correr mais riscos de óvulos defeituosos. Esse é um dos fatores que levam a uma drástica diminuição da fertilidade a partir dos 35 anos. Além das contagem dos folículos, a produção dos hormônios ligados à reprodução também cai, entrando na chamada menopausa.

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.