Divisão Celular Lenta na FIV

A gravidez depende de uma forcinha da natureza, porém muitas vezes precisamos recorrer outros meios.

Artigo publicado por Juliane Freitas nas categorias: Dicas

O Milagre da Gravidez

Ela se divide em duas etapas, mitose e citocinese, a divisão celular se consiste desde uma formação de uma célula e na divisão da mesma em duas que são consideradas células filhas, e é assim que acontece em uma gravidez logo após a fecundação, quando o espermatozoide encontra o óvulo e os dois formam um único ovo que logo começa a se dividir para formar o embrião.

divisão celular

Como Acontece

Como já foi dito, o espermatozoide logo que se encontra com o óvulo, formam um ovo com cromossomos de cada um, que são na verdade os genes do pai e da mãe que se juntam, sendo que cada um possui dois, o ovo acaba possuindo quatro cromossomos, que precisa se dividir para formar o embrião.

Complicações

Quando o processo de divisão celular é rápido, tudo ocorre perfeitamente, porém algumas complicações podem ocorrer, como muitas vezes essa mesma divisão pode conter erros, como a formação de células sem cromossomos, ou uma divisão muito lenta em fase adiantada, pode resultar em abortos espontâneos, ou nem chegar a formar um embrião, e muitas vezes forma um embrião com defeitos genéticos que é o caso da síndrome de Down por exemplo que é quando esse embrião possui um cromossomo a mais.

Existe Tratamento?

Não existe nenhum tipo de tratamento específico, e embora existam alguns métodos que podem ser considerados preventivos, os seus resultados nem sempre são positivos.  Divisão celular é um processo muito natural, e qualquer intervenção pode comprometer sua reprodução.

Fertilização In Vitro

Nesse processo, a fertilização tem uma atenção maior, de forma assistida, e é um dos melhores métodos para prevenir possíveis problemas durante a divisão celular, se comparado com o método tradicional.

Os óvulos são retirados do ovário e fertilizados em laboratório, onde a divisão celular fica sendo assistida por um embriologista por cerca de dois ou cinco dias, e se tudo ocorrer bem, os embriões são colocados no útero da mulher por meio de um cateter flexível após a fertilização.

As vantagens de uma fertilização in vitro é que, tanto os óvulos quanto os espermatozoides do casal são escolhidos cuidadosamente, e isso evita que ocorram maiores problemas, ou seja, com os cromossomos de qualidade boa observados pelo profissional, as chances de uma concepção de sucesso são bem maiores. Além disso, apenas os embriões já maduros e com o número certo de células, são introduzidos no útero, aumentando assim as chances de uma gravidez perfeita sem riscos.

fiv

Como a FIV Pode Falhar

As principais falhas nos tratamentos de FIV tem a ver com problemas com os embriões, com o útero-endometrio, endometriose e problemas imunológicos, e muitos fatores estão ligados a estes problemas, como a idade da mulher que tem maior probabilidade de infertilidade após os 40 anos, miomas no útero ou outros problemas, problemas com o nível elevado de progesterona no dia da aplicação do HCG, entre muitos outros fatores imunológicos que podem impedir uma concepção de sucesso, mesmo depois de tanta dedicação, investimento, e ansiedade por uma fertilização in vitro de sucesso. Isso acaba sendo muito frustrante, para os pais que esperavam ansiosamente, e isso só indica que, todos os tratamentos são válidos, porém podem não apresentar resultados positivos.

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.