Consumo de Cafeína e Fertilidade

O consumo de cafeína pode ou não atrapalhar uma concepção?

Artigo publicado por Juliane Freitas nas categorias: Cuidados, Dicas, Dúvidas

O Milagre da Gravidez

Encontrada no café, nos chás, refrigerantes e até mesmo no chocolate, a cafeína é uma substância presente o tempo todo na nossa vida, está até mesmo nos remédios analgésicos. O seu consumo por muitos é tido como uma necessidade para o corpo funcionar, baseado na ideia de que a substância pode viciar – de fato, drogas como a cocaína possuem grande quantidade de cafeína, mas em geral a sua ingestão é apenas uma questão de hábito.

café

Cafeína e Fertilidade

O consumo de cafeína, segundo pesquisas, podem diminuir a chance de concepção, mas a sua relação com a fertilidade em si não é conclusiva ainda. O consumo da substância superior a quantidades consideradas moderadas, segundo algumas pesquisas, pode baixar a probabilidade de gravidez em até 27% em comparação com mulheres que não consomem cafeína. No estudo feito, uma quantidade considerada moderada seria de 300mg de cafeína, o que equivalia a três xícaras de café por dia ou oito xícaras de chá. Apesar dessa pesquisa, outros estudos apontam até mesmo o contrário, que a cafeína poderia ajudar na concepção. Outra associação de pesquisadores, no Canadá, acredita que 300mg de cafeína diárias não parecem reduzir as chances de engravidar.

Com tantos dados e nenhum conclusivo sobre o assunto, quem está tentando engravidar pode se confundir ao que fazer. A melhor opção, ao que parece, é diminuir a cafeína para evitar que atrapalhe a concepção, caso a primeira pesquisa esteja correta. Esse procedimento já prepara a mulher para a gravidez, pois durante a gestação terá, de qualquer forma, que diminuir o consumo de cafeína. Assim como quanto a fertilidade, não existe uma conclusão médica sobre os riscos do consumo de cafeína durante a gravidez, mas como é uma substância estimulante, pode acelerar o metabolismo do bebê e isso pode lhe fazer mal.

Para os homens, acredita-se que a cafeína melhora a fertilidade, pois a substância aceleraria a velocidade de mobilidade dos espermatozoides. Da mesma forma que age sobre os gametas masculinos, a concentração de cafeína no corpo feminino poderia alterar os níveis hormonais e interferir na ovulação, desregulando-a, o que faria a concepção mais difícil. Ainda assim, todas essas considerações variam de médico para médico, muitos não acreditam nos efeitos que a cafeína tem sobre a fertilidade.

mulher tomando café

Quanto de Cafeína Consumo Diariamente?

Se você acredita que a cafeína interfira na concepção ou na fertilidade, ou quer apenas se prevenir diminuindo a quantidade consumida é bom saber quanto de cafeína tem, em média, cada um dos alimentos mais ricos na substância – e de maior consumo, também. É muito mais fácil consumir uma dose grande do que imaginamos. A tabela abaixo mostra como o menor cafezinho pode fazer diferença na quantidade ingerida.

• 50 ml de café coado = 25 mg a 50 mg
• 50 ml de café expresso = 50 mg a 80 mg
• 80 ml de café instantâneo = 60 mg a 70 mg
• 80 ml de capuccino = 80 mg a 100 mg
• 180 ml de chá coado = 30 mg a 100 mg
• 1 lata de refrigerante à base de cola = 30 mg a 60 mg
• 1 barra de 60 g de chocolate ao leite = até 50 mg

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.