Como Fazer as Contas e Programar a Vida Financeira da Tentante Antes do Positivo

Muitos planos, é tudo que uma tentante deve fazer enquanto espera o seu resultado positivo.

Artigo publicado por Juliane Freitas nas categorias: Dicas

O Milagre da Gravidez

A vida financeira é um tabu para as tentantes, pois tudo depende dessa programação que tem que ser bem pensada e organizada, para que seu bebê tenha tudo do bom e do melhor. Afinal de contas, uma vida com uma criança requer certos gastos que uma vida de um casal sozinhos não existe, então pode preparar os bolsos, porque ¨despesas¨ é o assunto principal desse momento de sua vida.

compras para o bebê

Despesas Do Parto

Toda grávida que se preze deve ter um bom plano de saúde, por isso escolha um bem antes de engravidar, pois a maioria deles pede um certo tempo de carência para cobrir partos, mesmo se for apenas para mudar de categoria, e esse tempo geralmente é de seis meses a um ano, por isso, contrate um o quanto antes, pelo menos uns dez meses antes do parto.

Para o caso de você não poder contratar um, ou se não deu tempo de adquiri-lo, procure se informar nas maternidades particulares, pois elas possuem planos especiais para quem não possui um plano de saúde, e lembre-se que toda mulher tem direito a atendimento de graça pelo SUS, porém investigue bem a qualidade desse atendimento em sua região antes de precisar desse tipo de atendimento, que pode variar muito de acordo com cada hospital.

Pense No Futuro

Um bebê traz consigo uma despesa que dura uma vida toda, por isso não se limite a planejar apenas o parto ou as roupinhas miúdas, mas também nos preços de escolas e creches, que parecem estar muito longe, mas farão parte de sua vida, por isso pense quais as condições que você irá poder oferecer para o seu filho, hoje e daqui a alguns anos, pense bem se você irá poder lhe proporcionar a melhor qualidade de vida possível, esse é um dos passos importantes que você deve incluir em seus planos.

Quanto Ao Trabalho

Pense em como será a sua saída para a licença maternidade, esse é um fator que deve ser levado em consideração e deve ser bem planejado. Pesquise bem se sua saída vai ser bem aceita em seu trabalho, pois muitas empresas costumam mandar embora nesses casos, que infelizmente não são tão raros quanto se imagina, e mesmo que esteja segura em seu emprego, é bom analisar bem o seu chefe, pois muitos mudam depois que você passa ser uma mãe preocupada, que se preocupa muito mais com seu bebê que está em casa.

Além disso, suas finanças nessa época entre a gravidez e o nascimento do bebê até os seus primeiros meses de vida, costumam virar uma bagunça, com licença maternidade e muitas vezes misturada a férias, e se for no fim do ano tem o 13º salário, e nesses momentos muitas se perdem um pouco, por isso procure calcular tudo direitinho, de maneira que saiba como será todo esse processo, para evitar gastos desnecessários.

economia das tentantes

Despesas Do Bebê

Além de todo enxoval, o bebê precisa de despesas mensais, por isso se prepare para calcular um total de gastos que terá no fim de um mês, que dependerá de quantas fraldas seu bebê irá gastar, se ele irá beber somente leite materno, quanto ele irá crescer e perder suas roupinhas e sapatinhos e se irá ficar muito doente ou não.

Logo que sai do hospital, você já terá uma certa lista de medicamentos que precisará nas primeiras semanas após o parto, por isso, junte um bom dinheiro para este período, pois é sem dúvidas o momento de maiores gastos da vida de seu bebê.

Comente!




*Campos obrigatórios

Os artigos desse site contém informações baseadas em pesquisas, estudos, consultas, experiências pessoais e livros. Deve-se sempre consultar um médico antes de tomar qualquer medida.